Rio comemorará Ano Novo Chinês na Cidade das Artes

Ano Novo Chinês no Rio será comemorado depois do Carnaval com eventos gratuitos e semana cultural da China

0
318
Ano Novo Chinês no Rio terá eventos gratuitos e semana cultural da China
Ano Novo Chinês no Rio terá eventos gratuitos e semana cultural da China

EVENTO OCUPARÁ CIDADE DAS ARTES DIAS 15, 16, 17 E 25 DE FEVEREIRO

Terminado o Carnaval, será a vez da Cidade de Rio de Janeiro comemorar o Ano do Cachorro, o Ano Novo Chinês que começa a partir deste mês.

A programação é organizada pelo Consulado-Geral da República Popular da China no Rio de Janeiro e Associações Culturais chinesas no estado, do Grupo Taichirajá, com o apoio da Fundação Cidade das Artes e da Secretária de Cultura da Prefeitura do Rio de Janeiro

Dois grupos da China, formados por 40 artistas, de Guiyang, da província de Guizhou, no sudoeste da China, participarão do evento com apresentações especiais inéditas no Brasil

Em 2018, a cidade do Rio de Janeiro será palco da segunda edição de comemoração do Ano Novo Chinês (Ano do Cachorro) e da Semana da Cultura Chinesa no Rio. Após 2017 focar o centro (Lapa), a edição de 2018 será realizada logo após o Carnaval, dias 15 e 16 (16h às 22h), 17 (12h às 22h) e 25 de fevereiro (das 18h às 20h), na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca.

E como atração especial do evento, pela primeira vez no Brasil, dois grupos da China desembarcarão no Rio, Grupos Artísticos Culturais de Guiyang, da província de Guizhou. Região com maior concentração de etnias chinesas, cerca de 48. E palco de grandes festivais culturais da China – mais de mil por ano.

Dias 15/02 (Grande Sala) e 16/02 (palco Jardins), o evento recebe o grupo de dança e performances. E dia 25/02 será a vez do grupo de dança e acrobacias .

Além dos grupos vindos da China, o festival terá apresentações culturais da comunidade chinesa no Rio, como a dança do Dragão e Leão.

Conheça a programação completa:

ANO NOVO CHINÊS 2018 E SEMANA DA CULTURA CHINESA NO RIO

Data: FEVEREIRO DE 2018 – dias 15 e 16 (das 16h às 22h), 17 (12H às 22h) e 25 (das 18h às 20h), na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca.

Local: Cidade das Artes – Avenida das Américas, 5300 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro/RJ

(quinta) 15/02 e (sexta) 16/02 (16h às 22h);
(SÁBADO) 17/02 (12h às 22h) e
(DOMINGO) 25/02 (18h às 20h).

Dia 15/02, o evento funcionará em dois ambientes:

1 – Palco e estrutura nos jardins da Cidade das Artes – Entrada gratuita
2 – Grande Sala – Entrada paga

Dias 16/02 e 17/02, o evento só funcionará como festival, nos jardins, com palco e barracas. Não haverá apresentação na Grande Sala.

Dia 25/02 o evento só terá uma única apresentação na Grande Sala (paga). Não haverá festival com barracas e shows no palco dos jardins.

ENTENDA O FESTIVAL – ENTRADA GRATUITA

Festival com barracas e apresentações culturais (MONTADO NOS JARDINS).

Barracas: gastronomia, artesanato, bebidas, massagem, moda, presentes, brindes, etc..

Palco: dança, música, artes, vídeos, desfiles, shows, etc…

Obs: as apresentações artísticas serão feitas durante todo o horário do festival, com intervalos de uma hora.

ATENÇÃO: dia 16/02, às 19h, haverá apresentação ESPECIAL no palco do festival (montado nos jardins), com entrada gratuita, do grupo artístico vindo da China.

Apresentações na Grande Sala. Entrada paga.

Dois grupos vindos da China! Um de dança e performances (dia 15/02) e outro de dança e acrobacias (dia 25/02)

Quinta 15/02 | Grande Sala | 19h às 20h30
Domingo 25/02 | Grande Sala | 18h às 20h

Ingressos: www.cidadedasartes.rio.rj.gov.br

Cidade das Artes
Av. das Américas, 5300 – Barra da Tijuca, Rio de Janeiro – RJ
http://cidadedasartes.rio.rj.gov.br/contato

1 – Grupo de dança e acrobacias

A dança e arte chinesa são milenares. Artistas chineses são à base de muitos números famosos nas mais importantes companhias de circo e teatros no mundo. E a cidade do Rio de Janeiro vai receber numa apresentação única o espetáculo oriundo do Festival of Spring, um dos mais famosos da China, que ocorre na província de Guizhou – uma das mais importantes da China na área cultural.

E como uma das atrações especiais do evento, pela primeira vez no Brasil, haverá participação do Grupo de Dança e Acrobacias da Província de província de Guizhou (formado por 20 artistas). Região com maior concentração de etnias chinesas, cerca de 48. E palco de grandes festivais culturais da China – mais de mil por ano. Dentre eles, o famoso “Festival of Spring”, que reúne os melhores grupos étnicos da China e que traia milhares de pessoas da China e do mundo. Um patrimônio mundial da China.

É deste celeiro de artistas de Guiyang que a Cidade das Artes receberá este grupo, que mostrará, pela primeira vez no Brasil, várias performances de danças e acrobacias (ver abaixo roteiro do espetáculo). Um dos destaques é a performance “Festival de Luzes”, um símbolo da cultura étnica de Yi, que representa uma das tradições mais importantes pelo fato de ser uma cultura histórica e popular. È reconhecida na China e no exterior como o “Carnaval Oriental”.

Programação do Festival de Primavera – 2018
1) “Festival Feliz” – Performance mista
O Festival de Luzes é um símbolo da cultura étnica de Yi e é uma das tradições mais importantes pelo fato de ser uma cultura histórica e popular, tanto que é conhecida no país e no exterior como o “Carnaval Oriental”.
2) “Canto das folhas” – Performance acústico
O assobio das folhas é muito praticado pelos jovens do grupo étnico Miao e é considerado como uma forma de transmitir amor e carinho mútuo.
3) “Tingir o céu de vermelho” – Performance feminina
Por meio da dança cultural étnica originária da província de Guizhou podemos perceber a grandeza da passagem da puberdade de uma bela menina para a maternidade.
4) “Dança do sino” – Performance masculino
É uma espécie de dança realizada pelos guerreiros do grupo étnico Yi, da província de Guizhou, para representar as técnicas praticadas nos rituais de sacrifício.
5) “Dança ” – Show interativo
Convida todos os presentes a participar de uma dança sob estilo da cultura minoritária étnica de Guizhou e a experiência de tocar o famoso instrumento de sopro da região.
6) “Dança artística com tambores de madeiras” – Dança e performance acústico
Performance inspirado na cultura étnica da província de Guizhou, a qual a ação de dançar ao som da batida do tambor é uma atividade de adoração à natureza e aos seus antepassados. É considerado como um patrimônio cultural da China.
7) “Mulheres de Miao com joias de prata” – Performance feminina
Os bordados feitos pelas mulheres do grupo étnico Miao é considerado na China como um dos tesouros nacionais. Durante as comemorações do festival da Primavera na província de Guizhou, as mulheres desfilam com grandiosos vestidos tradicionais e junto a elas, os ornamentos feitos de prata originados da região do povo Miao.
8) “Canto de Brinde” – Dueto de dança
Na grande festa da recepção de boas-vindas, em Guizhou, a cerimônia mais esperada pelo povo Miao é o momento em que todos os presentes fazem o brinde em conjunto. No ato da celebração é utilizado um chifre de boi para transformá-lo em uma taça de vinho para brindar todos os convidados e desejando-os paz e felicidade para todo o sempre.
9) Desfile dos vestimentas do grupo étnico de Guizhou

2 – grupo de dança e performances

Com duas apresentações, com 20 artistas, grupo de dança e performance de Guiyang
mostrará pela primeira vez no Brasil a “Dança artística com tambores de madeiras”, considerada como um Patrimônio Cultural da China.

Espetáculo do Grupo Artístico Cultural de Guiyang

O espetáculo é dividido em oito partes, com a seguinte divisão:
1)“Dança artística com tambores de madeiras” – Dança e performance acústico
Performance inspirado na cultura étnica da província de Guizhou, a qual a ação de dançar ao som da batida do tambor é uma atividade de adoração à natureza e aos seus antepassados. É considerado como um patrimônio cultural da China. (Dança)
2) “Canto das folhas” – Performance acústico
O assobio das folhas é muito praticado pelos jovens do grupo étnico Miao e é considerado como uma forma de transmitir amor e carinho mútuo. (Instrumentos musicais)
3) “Tingir o céu de vermelho” – Performance feminina
Por meio da dança cultural étnica originária da província de Guizhou podemos perceber a grandeza da passagem da puberdade de uma bela menina para a maternidade. (Dança)
4) “Dança do sino” – Performance masculino
É uma espécie de dança realizada pelos guerreiros do grupo étnico Yi da província de Guizhou para representar as técnicas praticadas nos rituais de sacrifício. (Dança)
5) “Você é como uma flor” – Canção em dueto
A canção de amor cantada pelos jovens do grupo étnico Miao é considerada uma forma de intensificar os sentimentos de amor, carinho e parceria entre eles, favorecendo o entendimento mútuo, a reunião e a conversação. (Canção)
6) “Dança nacional” – Show interativo
Convida todos os presentes a participar de uma dança sob estilo da cultura minoritária étnica de Guizhou e a experiência de tocar o famoso instrumento de sopro da região. (Dança)
7) “Mulheres prateadas de Miao” – Performance feminina
Os bordados feitos pelas mulheres do grupo étnico Miao é considerado na China como um dos tesouros nacionais. Durante as comemorações do festival da Primavera na província de Guizhou, as mulheres desfilam com grandiosos vestidos tradicionais e junto a elas, os ornamentos feitos de prata originados da região do povo Miao. (Dança)
8) “Brinde” – Dueto de dança
Na grande festa da recepção de boas-vindas, em Guizhou, a cerimônia mais esperada pelo povo Miao é o momento em que todos os presentes fazem o brinde em conjunto. No ato da celebração é utilizado um chifre de boi para transformá-lo em uma taça de vinho para brindar todos os convidados e desejando-os paz e felicidade para todo o sempre. (Dança)