Mano Menezes deixa a China com festa dos torcedores

0
203

Ele deixa o Shandong Luneng depois de 7 meses e campanha regular na Superliga

BCReport

Os torcedores do Shandong Luneng mostraram seu carinho na despedida do técnico Mano Menezes que deixou a China na quinta-feira, após deixar o comando da equipe em comum acordo com a diretoria.

Em uma grande festa, dezenas de torcedores se aglomeraram ao redor de Mano, tentando tirar fotos com o brasileiro. Algumas faixas manifestando carinho foram levadas para o aeroporto, inclusive uma em português: “Obrigado Mano. Nós vou sempre me lembrar de você”. O erro foi compensado pelo carinho ao brasileiro.

Mano Menezes anunciou na última terça-feira que deixaria o Shandong Luneng depois de chegar a um acordo com o clube, após sete meses de trabalho. O brasileiro conseguiu levar o time chinês às quartas de final da Liga dos Campeões da Ásia, mas não emplacou boa campanha no Campeonato Chinês – estando na penúltima colocação.

No clube desde 2015, Mano tinha contrato de dois anos. Na 11ª rodada, foram apenas duas vitórias e seis derrotas, deixando o Shandong na vice lanterna da competição com nove pontos.

O clube, que conta com os brasileiros Gil, Jucilei, Diego Tardelli e Aloísio e com o argentino Montillo, contratou agora o técnico Felix Magath, de 62 anos, que tem no currículo três títulos de campeão alemão, dois no Bayern Munique e um no Wolfsburgo.

Após o tricampeonato chinês em 2006, 2008 e 2010 sob o comando do croata Branko Ivankovic, o Shandong não conseguiu repetir o feito de levantar a taça da Superliga. Apenas Cuca, em 2014, levou a equipe a um novo título, conquistando a Copa da China.