O Brasil deve produzir o T5 da JAC Motors a partir de 2017 para concorrer não com o Lifan X60, o carro chinês mais vendido no país, mas com o Ford EcoSport, um dos mais tradicionais SUV nacionais, informa a revista especializada Motor Show.

“Estamos muito entusiasmados com o T5. Além do design, ele deverá se diferenciar dos outros SUVs do segmento de entrada por entregar uma extensa lista de equipamentos de série”, explica Sergio Habib, presidente da JAC Motors. Além de esse ser o segmento mais movimentado do mercado brasileiro, o entusiasmo também é reflexo do sucesso na China, mercado no qual é líder absoluto de seu segmento, com vendas médias de 15 mil unidades/mês.

O veículo, chamado de S3 na China, vai ser lançado no Brasil na versão 1.5 MT6 (câmbio manual de seis marchas) em duas configurações: “Pack 1” por R$ 59.900 (sem rádio e sem faróis de LED) e “Pack 2” por R$ 64.900 (com tela multimídia de 8 polegadas), que segundo a JAC Motors, deve ser a preferida por 99% dos consumidores. No segundo semestre está prevista a versão com câmbio CVT e piloto automático, por R$ 71.900.

Segundo a empresa, a engenharia já rodou cerca de 1 milhão de km em território brasileiro com o novo SUV, o que possibilitou identificar precisamente os ajustes necessárias para deixa-lo ao gosto dos brasileiros.