A China reuniu em março dois ícones mundiais da Internet, o fundador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, e o Presidente e fundador do grupo Alibaba, Jack Ma, se encontraram em Beijing, no Fórum de Desenvolvimento da China, evento anual que reúne desde 2000 alguns dos nomes mais influentes do mundo para contribuir no debate do país e do planeta.

No encontro do dia 19 de março, os dois bilionários falaram sobre inovação, inteligência artificial e os desafios tecnológicos para a humanidade na próxima década. Uma das referências desse diálogo partiu da experiência do programa DeepMind do Google, o AlphaGO, que vem ganhando disputas contra seres humanos.

“Acho que as máquinas serão mais fortes do que os seres humanos, as máquinas serão mais inteligentes do que os seres humanos, mas as máquinas nunca serão tão sábias como os seres humanos”, disse Ma. “A sabedoria, a alma e o coração são os diferenciais que os seres humanos têm”, acrescentou o executivo chinês.

O CEO do Alibaba também falou sobre a desaceleração da economia chinesa, e disse que espera tempos difíceis para os próximos dois a três anos, período que ele considera o “mais doloroso”. Ma disse que a China deve se concentrar agora em três áreas críticas: o consumo, serviços e alta tecnologia.

Zuckerberg também comentou as promessas da inteligência artificial, particularmente em dispositivos para carros que dirigem sozinhos e diagnósticos médicos. O executivo que busca a entrada do Facebook na China, evitou falar desse assunto.

O empresário, que fala mandarim e é casado com uma descendente de chineses, tem dado passos importantes no país e é agora parte do conselho consultivo da Escola de Economia e Gestão da Universidade de Tsinghua, a mais importante da China.

Jack Ma elogiou o estadounidense, por seu respeito à cultura chinesa e pelo sucesso do Facebook. “Ele respeita a cultura chinesa e a oriental por instinto”, disse Ma. “Não porque ele quer ganhar dinheiro”, completou o chinês, dando força ao amigo, que mais tarde se reuniria com o homem da Internet do governo chinês, Liu Yunshan.

Não é a primeira vez que os dois líderes se encontram. Zuckerberg e Ma se conheceram em 2009 no World Economic Forum (WEF).