A China comemora o ano novo lunar, ou Festival da Primavera na segunda-feira, mas as comemorações e festas já começaram no sábado na Ásia e pelo mundo. Por isso o BCReport está cheio de homenagens à grande festa do calendário chinês, com fotos, vídeos e matérias especiais.

Este é o ANO DE MACACO, o nono no ciclo de 12 animais, reais ou mitológicos do zodíaco chinês. O ano do macaco é precedido pelo ovelhas e seguido pelo galo. Conta a lenda chinesa que o macaco foi recomendado pelo tigre, terceiro no zodíaco, quando caiu em uma armadilha e foi salvo pelo macaco.

O ano do macaco é especial porque é o animal que mais parece com os humanos. Muitos chineses torcem para que seus filhos cheguem no Ano do Macaco, por acreditar serão mais inteligentes e alegres.

Os chineses comemoram assistindo a gala anual na TV e jantando com a família, até a meia-noite, hora dos fogos de artifício. As lanternas e as cores vermelhas eram usadas originalmente para afastar afastar o “nian” (ano em chinês), um animal mítico que atacava na virada do ano, mas tinha medo de barulho e cor vermelha. É por isso que existe a tradição de pendurar lanternas vermelhas e soltar fogos de artifício, para afastar os maus espíritos e trazer boa sorte.

As comidas e bolinhos celebram a “abundância” e a “longevidade”.