Neste final de semana (13 e 14 de fevereiro) o bairro da Liberdade será transformada em “ChinaTown” por conta das comemorações do Ano Novo Chinês, o 4714, que começou no dia 8 de fevereiro e terminará no dia 28 de janeiro de 2017. Para festejar o ano do macaco, que promete trazer mais prosperidade, harmonia e união, os organizadores espera receber cerca de 200 mil pessoas, pelo menos 20 mil a mais que na edição passada. A festa acontecerá entre a Praça da Liberdade, e as ruas Galvão Bueno, dos Estudantes e dos Aflitos.

Entre as opções gastronômicas haverá comidas tipicamente chinesas como Macarrão Chop Suey, Jiaozi (guiozas) e Rolinhos Primavera, além de outros pratos menos conhecidos no Brasil como o Zongzi, um tipo de pamonha de arroz muito consumida na China. As comidas estarão disponíveis nas mais de 42 barracas e serão vendidas a preços que variam entre R$15,00 e R$20,00.

Entre as atrações culturais que se apresentarão no palco central, localizado ao lado do metrô, se destacam bandas de música pop chinesa, desfiles de moda com trajes típicos, show de ilusionismo com a tradicional atração de troca de máscaras chinesas, demonstração de pintura chinesa e apresentações de academias de artes marciais. Um grande painel na praça, ajudará aos visitantes deverão a descobrir o ano de seu nascimento e, consequentemente, o seu animal no Horóscopo Chinês.

Quem quiser mergulhar e conhecer ainda mais sobre a cultura chinesa poderá participar de um jogo da memória em forma de painel de madeira, que representará uma ‘aula’ de Mandarim.

Para quem quiser entender mais sobre a cultura do país, haverá uma exposição sobre a China, localizada na Rua dos Aflitos, com os temas “Fábrica de Medalhas” e “Do lado de lá” com curiosidades, grandes descobertas, ícones, etiquetas e etc., que conta com a participação voluntária de alunos e professores do Instituto Sidarta.

No dia 13 de fevereiro (sábado) a festa começa pontualmente às 12h com a tradicional contagem regressiva. A queima de fogos acontecerá no final do dia, às 20h. O ritual é seguido à risca, pois, segundo a tradição chinesa os fogos afastam os maus espíritos e trazem sorte. Para atrair mais prosperidade, alegria e boas energias, as danças do Dragão e do Leão são sem dúvida os momentos mais esperados do evento e que não podem faltar na festividade chinesa. As apresentações acontecerão durante o desfile de abertura, onde é oferecido alface ao leão que garante muita sorte e dinheiro no bolso. Haverá, também, a dança do dragão e do leão ao longo do dia.

Serviço

Data: 13 e 14 (sábado e domingo) de Fevereiro de 2016.

Local: Praça da Liberdade (Em frente ao metrô Liberdade – Linha 1 azul)

Horário: 12 às 20h no dia 13/02 (Sábado) e das 11 às 19h no dia 14/02 (Domingo)