O poderoso Jiangsu Suning, o time mais comentado do mundo

0
150

Três contratações milionárias converteram o antes quase desconhecido clube chinês Jiangsu Suning FC, em um dos mais falados do mundo entre o o final de 2015 e o começo de 2016. O atacante Alex Teixeira, do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, é agora contratado do clube chinês Jiangsu Suning, em uma negociação de 50 milhões de euros, o maior valor deste ano, segundo a página do time ucraniano. Teixeira, de 26 anos, vai jogar com Ramires, que acaba de deixar o Chelsea, por 28 milhões de euros; e com Jô, ex-Al-Shabab, Atlético e Corinthians.

“Acredito que pagamos muito. Poderíamos ter comprado mais jogadores com esse dinheiro”, deixou escapar Dan Petrescu, treinador do Jiangsu Suning e ex zagueiro do Chelsea.

O Chelsea e o Liverpool também estavam de olho no brasileiro, que jogava na Ucrânia desde 2010, quando deixou o Vasco, o que contribuiu para o preço final.

O time de Nanquim, anunciou a contratação de Jô, que estava no Al Shabab, dos Emirados Árabes, na véspera do feriado de Carnaval e do Ano Novo Chinês. O empresário de Jô, Giuliano Bertolucci confirmou a transferência, mas não deu detalhes sobre valores. Jô. Ele foi negociado pelo Al-Shabab por 2 milhões de euros com o Atlético, e andava em baixa desde a derrota do Brasil frente a Alemanha, na Copa do Mundo.

Patrocinado pelo grupo varejista de eletrônicos Suning Commerce Groupo, desde a última temporada, o Jiangsu não tem economizado para ter um grande time em 2016. Segundo a imprensa britânica, o Jiangsu também tentou comprar o pase do meia Oscar, que joga no Chelsea por 75 milhões de euros, que seria a contratação mais cara do futebol chinês, depois de Alex Teixeira.